Archive for the ‘Música’ Category

Gente, como foi bom o Lollapalooza Brasil!

Eu (Vanessa) e Kelly, fomos para o disputadíssimo primeiro dia de festival, lógico que para ver nossa banda do coração, Foo Fighters.

No início da tarde estava um calor insuportável e não tínhamos coragem de abandonar uma sombrinha que encontramos… Quando saímos para dar uma voltinha pelo festival, logo nossos olhos pararam em um barba e cadência de tirar o folego!

Eis a criatura de outro mundo

Outro cara super cadência que nos encantou foi um “bendito” que estava no stand do Trindent, porém, a “Operação iPhone” falhou na foto e vamos ficar devendo o rostinho bonito do bonitão… Dando sequência nas fotos,  vejam que coisa linda esse garoto propaganda da Oi!

Queria tanto ir falar Oiiiiiii pra ele! rsrsrs

Depois foi a vez de encontrar essa pessoa cheia de estilo no palco Perry, se acabando de dançar ao som de Rhythm Monks – aliás, eles arrasam no som!

Depois disso corremos para ver o show do O Rappa, que só durou uma horinha (queria mais). Aproveitamos o tempo que tínhamos até o início do show mais esperado da noite – Foo Fighters – para comer, descansar nos pufs, recarregar nossas energias e os celulares… Acompanhamos o show da Joan Jett e tiramos muitas fotos.

E por fim, mas não menos importante, o último barba da noite, aquele que “as mina piraaaa” hahahahahaha

Dave Grohl quase nos matou de amores! Tinha uma tia muito engraçada perto de nós que gritava o tempo todo: “lindo, gostosoooo”… e outras coisitas impróprias para o momento… Me diverti muito com ela! rs

A única coisa que me doeu um pouco foi a apresentação do Calvin Harris ter acontecido no mesmo momento do show do FF… Queria muito ter escutado “Fell so close”, “Flashback”, “We found love”, entre outras musiquinhas do top DJ. Fica pra próxima Calvin!!!

Inesquecível!!!

*Por Vanessa Prado

In love…

Posted: 31/03/2012 in Amor, Beleza, Coisas de família, Música, Oiii

Adorei essa música do Ben Jor com o Fiuk… Momento “in love”!

Falando em Fiuk, agora entendo porque minha mãe e minhas tias dizem que o Fábio Jr era muito gato quando mais jovem. Elas dizem que o filho do galã é igual ao pai quando jovem. Coisa linda de Deus, hem?!

É aquele estilo menino que todas querem… Concordam?

*por Vanessa Prado

Chega de pesquisa!

Posted: 28/03/2012 in Amor, Comportamento, Música

Gente! Aqui vai um desabafo…

Conheço um tantão de meninas – super interessantes -, grande parte amigas, que sofreu ou ainda sofre por causa de alguém – me incluo nessa parada (risos). A gente se ilude, se rasga, grita, chora, faz pesquisa no google em busca de uma resposta do “porque não eu?”, em busca de descobrir “o que os homens procuram em uma mulher” e por vaiii…
Resultado: não chegamos a nenhuma conclusão e nos confundimos ainda mais. Conselho mulherada: Chega de pesquisa!
Quando dizem por aí que está faltando homem no mundo, sou obrigada a concordar! Conheço uma pessoinha que vive dizendo que ela deve ser uma frigideira – não tem tampa. Ôh dó!
E pasmém! Não é falta de atitude não. A mulherada tem feito de tudo pra dar certo. Porque mulher é assim: Se ela quer, ela luta até o último fio de esperança; e se não quer, dispensa logo!
Vamos aos fatos:
Dedicamos horas e horas do nosso dia para a criatura… Ele te enrola com uns papos de que não é o momento de assumir um relacionamento mais sério, tentamos ser compreensivas, aceitamos com certa dificuldade, continuamos com o gato, nos dedicando a ele, tentando contornar a situação e por aí vai.
De repente, in the blink of an eye, caí uma menina qualquer de paraquedas na vida dele e é questão de dias para engatarem um namoro e trocarem juras de amor. E aí a gente pensa: “Deus, o que há de errado comigo?”
Hoje, uma amiga, postou um pequeno texto no facebook, que cabe perfeitamente neste post. Eis a publicação:

Quem fala “eu te amo” como se falasse “bom dia” na verdade não ama ninguém. Engana, aos outros e a si próprio. Não existe amor que não seja construído com o tempo. Essas coisas de “à primeira vista” cabem muito bem aos clichês cinematográficos ou à paixões que – com o tempo – podem até virar amor. Antigamente, os casais demoravam meses (até anos!) para dizer um “eu te amo”. Hoje, bastam duas ou três semanas. É a inversão de uma das únicas ordens que não poderia ser alterada, a do maior sentimento de todos…

Acredito numa paixão a primeira vista! Mas amor não. O amor vem com o tempo. Nos antecipamos, sim – e muito – ao dizer “eu te amo”. Eu mesma, já falei “eu te amo” inúmeras vezes, fui noiva e aqui estou, solteira há mais de três anos! Era amor? Se fosse estaria casada! Céus! (risos) Mas foi muito bom enquanto durou. Ele é uma pessoa que admiro até hoje. Só não deu certo! Paciência.

E é isso aí meninas. Não há nada de errado com vocês, comigo… Quando a pessoa certa aparecer as coisas vão fluir, sem sofrimento, sem angústias, sem noites sem dormir. Vai fluir e vai dar certo. Acreditem! Eu acredito… Deus está reservando um “barba metade” especialíssimo para nós! E ainda vamos rir muito deste post…

Para descontrair, que tal o vocalista gatinho do The Killers, Brandon Flowers?! Carinha de menino, mas tem charmee… rs

Adoro esse som!

Beijinhosss

*por Vanessa Prado

Que horror, ainda estamos no comecinho de 2012 e esse “morra” no título? Calma, calma! Quem avisa, amigo é – diz o ditado. Então, meninas e meninos (vamos ser plurais), afinal o B&C é livre de preconceitos, já pensaram se o mundo acabar mesmo este ano? O que fazer?

Ir à humilde listinha do blog “501 caras que você deve pegar antes de morrer” e escolher o seu. Fácil, hein! A dica de site foi dada pela pima, Paty Fernandes, e o B&C se encarrega de espalhar.

Você tem até o dia 21 de dezembro para eleger o sortudo da relação ou perder uns cinco minutinhos com o Jack Johnson e enviar para o blog publicar. Ou seja, tempo é que não falta né, minha gente. Essa está baba demais :-p

Até o temido dia – segundo várias teorias científicas, espiritualistas e místicas – não perca as esperanças. No último minuto do segundo tempo, você pode receber uma ligação do Jhonny Deep.

OBS: O blog “501 caras que você deve pegar antes de morrer” parece ter sido invenção minha e da Srta. Isabela Mattiolli. Já escutei a frase: “Porque quando o cara é músico e barbudo, fodeu!”… sei não, acho que escutaram nossas conversas, rs.

Por K. Sato 

Estava lendo uma reportagem do portal Terra e não pude deixar de compartilhar… Até porque concordooooo muitoooo com o resultado dessa pesquisa.

“Um estudo sobre como fazer uma pessoa se apaixonar revela que um homem escutando rock suave pode ser mais atraente para uma mulher do que um que escuta jazz contemporâneo”. O estudo da revista New Scientist diz ainda que “quando você conhece um estranho, a impressão é baseada 55% em sua aparência e linguagem corporal, 38% em seu estilo de fala e simples 7% no que realmente você fala”.

A reportagem explica que há inúmeras ações que podem indicar que você gosta da outra pessoa em um primeiro encontro. Entre elas: linguagem corporal; experiências de medo conjuntas; compartilhar uma piada;  usar a trilha sonora certa (ROCK); e observar a pessoa nos olhos (ISSO CONTA BASTANTE TAMBÉM).

Que tal um rock, bebê?

Mas confesso, além do rock, se o cara curtir um blues, jazz, samba… Gosto muito!!!

*por Vanessa Prado

Eu diria que: eles são nosso maior tormento! Ou, nosso maior prazer! Como diria Amy Winehouse, ‘nobody stands in between me and my man’! Masss, homem bom, homem bonito, homem com charme, enfim, homensssss todas querem…

Tenho gostado das paixões platônicas. Vou explicar. Sabe aquele ator hollywoodiano que você morre de amores? – Nós, meninas do blog, temos uma apaixonite aguda por Johnny Deep – Então, é disso que estou falando. Você nem pisca quando ele surge na telinha, se derrete toda com o bofe e, apesar dos pesares, não cria expectativas… justamente por ser platônico. Sem expectativas, sem frustrações. Olhem que coisa boa!

Gente! É fato. A palavra de ordem ultimamente é “desapego”. Não adianta sonhar com um conto de fadas, com romances cinderelescos que isso é só em filmes e novelas mesmo. O negócio é viver as paixões do momento, deixar que elas passem quando tiverem que passar e continuar, assim, sucessivamente! Filtre as emoções e se rolar recaídas, peça um drink! rs

Hoje li um texto de Caio Fernando Abreu que diz assim: “Para atravessar agosto ter um amor seria importante, mas se você não conseguiu, se a vida não deu, (…) – sem o menor pudor, invente um (…) Remoto ou acessível, que você possa pensar nesse amor nas noites de agosto, viajar por ilhas do Pacífico Sul, Grécia, Cancún, ou Miami, ao gosto do freguês. Que se possa sonhar, isso é que conta, com mãos dadas, suspiros, juras, projetos, abraços no convés à luz da lua cheia, brilhos na costa ao longe. E beijos, muitos. Bem molhados”

Agora me digam… Quem será o amor de agosto de vocês??? Não importa se é jogador de futebol, astro de cinema, ator de novela global ou uma estrela do rock… Para ajudar, fiz uma listinha, bem básicaaaa…

Nosso queridinho: Johnny Depp

 

George Clooney... tem charme!

 

Brad Pitt

  

Gerard Piqué. Tenho uma dó da Shakiraaa...

 

Carmo Dalla Vecchia... Meu reiii!!!

 

David Beckham. Coisa linda...

 

Vin Diesel... Aii aiii

 

Cauã Reymond. Esquece a Açucena e fica com a Vanessa!

E por fimmmm… Uma músiquinhaaaa!!! Aproveitem para babar no Adam Levine… Gato demaissss!!!

Quero um também!!! Agosto já começou!!! Que tal um por mês? Uiii…

*por Vanessa Prado

Começou domingo (17) o XI Festival de Música de Ourinhos.

Há onze anos o inverno ourinhense tem a paisagem enriquecida com a realização deste evento. São centenas de músicos e educadores que se reúnem na cidade para uma semana de estudos e confraternização. O diferencial do evento está no espaço destinado à música popular, especialmente a instrumental…

Durante o evento acontecem as “Canjas” de Choro e Jazz. Eu e Kelly não ficamos de fora dessa e fomos conferir de perto, até porque, esse evento é conhecido por nós (meninas do blog) como o evento dos músicos de barba e cadência.

E só pra mostrar para vocês que não estamos blefando, eis a foto!

Olha que coisa linda de meu Deus esse músico que estava na Canja de Jazz!!!

E houve boatos de que eu estava numa pior!!! Se isso é está numa pior, pourrããããã…

Gato, toca um Jazz só pra mim? Please baby!!!

😉

*por Vanessa Prado